Multinacional chinesa BYD instalará nova fábrica de veículos elétricos no Paraná

Estado do Paraná e a multinacional chinesa BYD discutem instalação de uma unidade da multinacional no Paraná.

‎‎ㅤ

Nesta terça-feira (10), em reunião entre o vice-governador do Paraná Darci Piana e o presidente da BYD, Tyler Li, foi discutida a possibilidade de instalação da nova unidade fabril da BYD no estado.

A empresa chinesa é líder global em quatro grandes indústrias: eletrônica, automobilística, energia limpa e trânsito ferroviário. Conta com mais de 290 mil funcionários espalhados em 30 parques industriais ao redor do mundo. Somente em 2021, a companhia teve faturamento de US$ 35 bilhões, com taxa de crescimento anual de 55%.

A empresa planeja estabelecer uma nova fábrica de veículos elétricos no Brasil, e o Paraná é uma das locações consideradas para a instalação de uma unidade de produção de componentes como controladores e motores para esses veículos. O Vice-Governador destacou que o estado possui uma boa posição logística e vantagens para instalar indústrias como a BYD, e que o governo está transformando o Paraná em um centro logístico para atender toda a América do Sul.

Segundo o Secretário estadual da Indústria, Comércio e Serviços, Ricardo Barros, há uma boa perspectiva por parte do Governo para atrair a multinacional. Ele mencionou que foi possível apresentar a imagem positiva do estado durante a visita a Campo Largo e a reunião com a liderança governamental para discutir os interesses da empresa. Barros destacou as oportunidades de negócios no Paraná, que incluem incentivos fiscais, vantagens logísticas e qualificação de mão-de-obra.


Segundo o presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin, a BYD não se limita apenas à fabricação de carros elétricos e painéis fotovoltaicos, mas também produz uma variedade de componentes eletrônicos. Ele destacou a importância de abrir as portas do Paraná para uma indústria de tamanho porte, e mencionou a intenção de transformar o estado na exposição da BYD no Brasil e na América Latina.

A empresa chegou ao Brasil em 2015, com a inauguração de sua primeira fábrica de montagem de ônibus elétricos em Campinas, São Paulo. Atualmente, a BYD possui outra unidade na mesma cidade e uma terceira em Manaus, Amazona, dedicadas a fabricação de outros produtos.


Além de fabricar veículos elétricos, a empresa também é responsável por dois projetos de transporte urbano sobre trilhos conhecido como SkyRail (monotrilho) no Brasil, sendo um na cidade de Salvador com o VLT do Subúrbio, e outro na cidade de São Paulo, com a Linha 17 – Ouro. A empresa também vende empilhadeiras, vans, caminhões, furgões e automóveis, todos elétricos e sem emissões poluentes no mercado brasileiro.

Materiais relacionados

Novo lote da Lei do Bem 2018 (1º Lote) é divulgado no site do MCTI

Após mais de 6 meses sem pronunciamento nenhum, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação publicou novo lote de revisão [...]

14 Propostas da CNI para o Fortalecimento da Economia Brasileira com Enfoque em Inovação

Com parte da base de dados levantada pela Macke Consultoria, a CNI realizou uma publicação no Valor Econômico que destaca [...]

Novo presidente da Finep é anunciado

O ex-ministro Celso Pansera foi nomeado como o novo presidente da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), de acordo com [...]

Alckmin assume MDIC e irá trabalhar em parceria com Luciana Santos, que assumiu o MCTI

Ministra da Ciência, Tecnologia e Inovação participou da solenidade de posse do vice-presidente da República no Ministério do Desenvolvimento, Comércio [...]